FRESP no facebook FRESP no Instagram FRESP no YouTube

E-book destaca hábitos de consumo que devem permanecer no pós-pandemia

Entender as preferências do consumidor é fundamental para qualquer estabelecimento comercial e de serviços, ainda mais em períodos econômicos difíceis, como o atual. Do contrário, o empresário corre o risco de ver as vendas encalharem. Mas o que fazer quando os hábitos de consumo mudam de forma significativa?

Isto é o que ocorreu na pandemia de covid-19. Como diversas atividades comerciais não puderam abrir as portas para atender de forma presencial temporariamente, bem como muitos trabalhadores terem aderido ao home office, a circulação de pessoas nos centros comerciais caiu consideravelmente, o que trouxe consequências para as relações de consumo.

Agora, com a reabertura gradual dos estabelecimentos, restam dúvidas sobre a continuidade desses hábitos adquiridos na quarentena, como o uso mais frequente de aplicativos no comércio eletrônico, a maior adesão a cursos online e a preferência por compras em lojas de bairro, entre outras mudanças notadas na maneira do consumidor fazer compras.

Nesse sentido, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) elaborou o e-book Transitório ou permanente: a pandemia e o novo comportamento do consumidor. A publicação traz observações a respeito dos hábitos que se destacaram no período de reclusão, indicando quais tendem a continuar mesmo com a reabertura das atividades econômicas e após o fim da crise sanitária.

Para conferir o material, basta acessar o FecomercioSP Lab.

Fonte: FecomercioSP

 

Voltar